01 September 2015

Filme: Não Aceitamos Devoluções

   Sinopse: Valentin sempre levou uma vida despreocupada no México, saindo com várias mulheres e alternando entre pequenos trabalhos. Um dia, uma mulher bate à sua porta e lhe deixa um bebê, dizendo ser sua filha. Apesar da surpresa inicial, Valentin se muda para os Estados Unidos e cria a pequena Maggie durante vários anos, tornando-se um homem responsável e encontrando um emprego fixo como dublê em filmes de ação. Seis anos mais tarde, a mãe de Maggie reaparece, com a intenção de levar a filha de volta com ela.

   Que filme incrível!
   No comecinho a gente vê aquela coisa descompromissada e totalmente cômica de um homem que vive apenas para seus desejos sexuais e não dá a mínima para qualquer responsabilidade, mas quando a ideia de ter uma filha bate a sua porta, vemos o começo de uma história incrível e com um final de tirar o fôlego (e lágrimas).
   Ao longo do filme vemos a evolução e construção do amor paterno e como isso afeta um pai desnaturado, sua concepção sobre o que lhe foi ensinado e o que deve ensinar, e isso o assusta ao ponto de não saber o que fazer...   



   É injusto dar atenção somente à um momento ou personagem quando temos um filme tão repleto e tão cheio de temas delicados que no final todos são tratados como uma só parte do cotidiano.
   Vale muito a pena ressaltar a comédia moderada do filme como fator extremamente positivo, que em nenhum momento tirou a originalidade e a emoção dos momentos de drama, assim como vale apontar o mesmo drama que nos traz um clichê tão leve que nos surpreende e nos tira algumas lágrimas. (ou se você for como eu, muitas lágrimas)
   De uma maneira geral, particularmente o filme me trouxe uma grande reflexão sobre os valores da vida e a sua realidade; sobre como cada pessoa é única e tem o seu modo de lidar com o mundo; sobre como o amor pode mudar uma pessoa e principalmente sobre como a vida pode te surpreender mesmo quando você acha que sabe tudo.
    Filme mais do que recomendado!


Até a próxima Ledores!

3 comments:

  1. Não conhecia esse filme. Muito legal. Acho que vai além do clichê do pai que não sabe cuidar direito dos filhos, gostei disso!!
    Vou assistir sim! De quando é?

    Beeijo
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ReplyDelete
  2. Também não conhecia o filme e me deu vontade de assistir.
    Beijinhos
    becodoleitor.blogspot.com.br

    ReplyDelete
  3. Já estou com vontade de assistir esse filme!
    Beijos, https://literarioetc.blogspot.com

    ReplyDelete